quinta-feira, 5 de maio de 2011

Quanto tempo demora a passar 2 horas?


Aquela filosofia de que o importante é o caminho, e que um homem nunca faz duas vezes a mesma jornada. Acabei comprovando! Para mim, ao menos, as duas são verdadeiras.

Fui até Alagoinhas BA, cento e alguns quilômetros de Salvador. Já estive na cidade inúmeras vezes nos mais diversos momentos de minha vida, mas essa foi minha primeira viagem para lá motivado por trabalho.

E realmente o caminho mudou, e eu mudei. De minhas viagens para lá, acho que a melhor de todas foi quando o calango bikers encarou, sem um carro de apoio, o trajeto. Lá se vão 10 anos e nós aprendemos muito naquela viagem.

Dessa feita não pude ver os pais de Ralado, o trabalho era urgente e importante e o tempo muito curto, mas volto em breve. Ao menos conheci minha ‘sobrinha’ filha de Raimundo, irmão de meu irmão Ralado.

A cidade cresceu muito, a estrada em obras ainda não me animou para refazer a viagem a pedal, mas as vermes ciclísticas se reviraram ao rever a estrada e as ladeiras de Catu. Quem viajou de bicicleta sabe que não há nada que seja igual.

Enquanto escrevo estou passando por São Sebastião, já retornando na BR a previsão de chegar é por volta das 18h, Deolina me avisa que só tem 10% da bateria. As fotos são para Ralado, Abelhão e Kung Lao tomarem vergonha na cara e voltarem a pedalar.

Não consegui conectar novamente na estrada, e o post acabou só indo ao blog agora de manhã, mas tá no tempo, quem corre morre mais rápido.
By MLMT

Um comentário:

Antonio de Aruanda disse...

Viajei contigo. Aquele abraço.