segunda-feira, 31 de maio de 2010

A copa que ninguém fala

Gostamos muito, eu e Marcelo, da Superinteressante, revista mensal de diversos temas.
Comprei a de junho e li neste fim de semana passado.
A matéria que mais gostei é de um americano(esqueci o nome), e fala sobre o mito que a Copa do Mundo enriquece o país que a hospeda.

Que isto era uma grande balela, eu e Marcelo já sabíamos, mas ter sido escrito e retratado tão bem, nós nunca tinhámos lido. Eu e Marcelo torcemos totalmente contra ao Brasil ganhar a possibilidade de ser sede da copa em 2014, já sabendo que isto nunca seria bom para o povo, só para poucos da FIFA, CBF, grandes times de futebol e políticos.

Segundo a matéria, os grandes interessados contratam economistas que maqueiam e usam de desvios para mostrar que o local(país, cidade) vai ganhar dinheiro e enriquecer com o evento esportivo. Mentira!

Ocorrerá no Brasil o que foi visto no Rio, na época das olimpíadas. Verbas que deveriam ser destinadas para educação, saúde, para o povo, sendo desviadas para construção de estruturas para um evento único, que depois se tornam "elefantes brancos"! Os prédios construídos no RIO e as arenas, estão sem uso, largadas, esperando o tempo gastá-las por completo. A cidade efetivamente perdeu a possibilidade de ter mais escolas, mais hospitais, mais postos de saúde.

Sempre vejo nesta balela o pão e circo repaginado. E a matéria informa isto mesmo, o local fica mais pobre, mas as pessoas ficam mais felizes.
Claro, o circo está montado para que os palhaços que estão sentados na plateia esqueçam de tudo mais.

Sem querer ser mais chata ainda do que já fui neste texto(sim, porque sempre que o tema é sério, acaba-se sendo tachado como chato), me preocupa muito saber que teremos eleição para presidente justamente no ano da Copa.

Seria tão bom que atenção que se tem para com os jogos da copa, tivéssemos, nem que fosse 30%, com os candidatos da eleição!

2 comentários:

Lu disse...

É por essas e outras que tenho um certo preconceito com futebol.

O Sábio disse...

todo ano de copa tem eleição para presidente.assim como todo ano de olimpiadas tem eleções para prefeitos e vereadores.