quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Viver a vida!

Há algum tempo queria escrever este post, mas sabem como é, uma coisa, outra, e lá se vai mais um post para a Terra dos esquecidos.

A novela nova, que já tem provocado frisson com o zemayerfacts(sabe o que é? não, então pergunte a Deus), tem tantas coisas ruins, que fico em dúvida por onde começar.
Como só assisto a tal nos fins de semana e na quarta(tem jogo e termina mais cedo), e no fim de semana passado graças a Deus não vi, pois tinha algo muito melhor para fazer, o comentário foi ficando guardado. Ontem eu assiti e lembrei de escrever.

Comecemos pela protagonista; existia a expectativa em cima da Helena preta, que ia ser a primeira da história, patatipatata, mas vamos combinar que Tais Araujo está muito ruim.
Cheia de caras e bocas, interpretação de doer, além de não ter nada a ver forçar a barra para mostrar que é uma personagem com experiência, vivência. Se queriam uma atriz negra, por que não usar Zeze Mota? Será que ela não tem a mesma idade e experiência de Regina Duarta, que já fez tantas Helenas?!

A antagonista da Helena, a Aline Moraes, parece que passou por uma cirurgia mal sucedida: lascaram a boca da mulher demais, ela ficaria bem no papel do Coringa!
Outra que passou por cirurgir plástica mal sucedida foi a ex-paquita sovertão, que é do núcleo dos desocupados invejosos(são 02 casais que vivem aparecendo para falar mal de alguém e encher tempo da novela, com interpretações horrendas tb); a menina está horroroza, oh botox mal feito da zorra!

Chegando ao núcleo da Helena: temos a mãe, uma atriz que interpreta tão bem quanto o pé de caju que tenho lá em Jaua; o pai, que é o eterno ex-marido legal das novelas de MC; um padrasto que veio para tentar levantar a polêmica de homem novo com mulher mais velha, um irmão que nem fede, nem cheira e a irmã bandida. Uma reunião de péssimas interpretações!

Por enquanto, só Lilia Cabral, como a ex do Ze mayer, se salva, pois tem uma interpretação primorosa. O resto, pode colocar dentro de um saco e jogar nas belas praias de Buzios, que o autor insisti em enfiar guela abaixo dos telespectadores a cada 01 minuto de fala.

3 comentários:

Lu disse...

Nossa! Concordo com absolutamente tudo que você escreveu! Tô contigo!

Juliana Rocha disse...

Oxente Lila! Quanta amargura! Eu adorooooo Manoel Carlos!!! HAHAHAHAH

lilaemarcelo disse...

Juli, você é completamnte Poliana, e agora, que passou por uma pendenga feia, vai gostar de tudo facinho, facinho!