quarta-feira, 21 de abril de 2010

Para Jorge

Não hoje não é dia de São Jorge, mais niver de Jorge, meu irmão caçula.

O bom de fazer aniversário em um feriado, é que sempre você terá como comemorar: seja na véspera, entornando cachaça até esquecer quem você é, ou no próprio dia, com almoços maravilhosos!

Isto é o que pensamos, mas pode ser uma merda também, visto que as pessoas costumam viajar nos feriadões, ou ficar em casa sem ânimo de para fazer nada em um feriadinho!

Não sei bem o que queria escrever, além de dar parabéns a meu irmão, mas fiquei divagando e escrevendo enquanto isto. Por isso, não escrevi coisa com coisa.

Um post perfeito para Jorge, um ser eclético, ético e estético! Ou não!

Jorge, feito em um minuto, com a rapidez de um espirro
Queria ser um astronauta, ou um vampiro
Na verdade, quis engolir o mundo, como um suspiro

Tornou-se um gigante, um grande homem grande
Maluco, sensível, gentil!
Não é um jogador qualquer, é mais um Tande

E este poeminha ridículo vai acabando
Pois sem rima estou ficando!

2 comentários:

Lu disse...

Adorei. O pilantra nem se deu ao trabalho de comentar??? Jojó da Babá anda muito ocupado. Adorei o post dele do Pau da Fernanda Young. Rimos muito por aqui!

Juliana Rocha disse...

Eu tava c aquele sacaninha e lembramos tanto de vcs!!!
Bjs