segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Simpatia

Este fds Lucas teve campeonato de futebol. Daí que fomos, eu e Marcelo, domingo de manhã para levá-lo e vê-lo jogar.
Fiquei olhando as outras mães, se confraternizando, falando, sorrindo umas com as outras.

No sábado Lucas teve uma apresentação de teatro na escola, e também pude ver novamente as mães se confraternizando.

Fiquei pensando, e comentei com Marcelo, que na próxima encarnação gostaria de vir mais simpática! Acho legal este tipo de mãe que confraterniza com todas, sabe nome de todas.

Eu sou chata, excludente, não tenho paciência para ficar batento papo com todo mundo. Neste ponto, sou pré-conceituosa. Não gosto de gente burra. Daí que é difícil conversar com todas as pessoas(quando eu digo burra, não é alguém formado, com curso superior, mas sem sabedoria. Uma das pessoas mais sábias do mundo é minha avó, que só tem até a 4a série do primeiro grau.)

Existe uma frase que fala que só as mães são felizes; eu retificaria. Só as mães simpáticas são felizes!

10 comentários:

Marcelo L. M. Trevisan disse...

Esse é um defeito que realmente possuo, não tenho paciência para gente burra. Gente que pergunta onde acende a luz da sala quando está ao lado do interruptor, gente que não sabe observar se a impressora parou por falta de papel, gente que pergunta coisas sem 'pensar' pois 'pensar' dói.

Com esses sou GROSSO, mal-educado e se puder xingo.

Samuel Martins Jr disse...

Também não tenho paciência não.
Tolerância zero comigo. Mas hoje em dia, achar alguém pra se ter um dialógo minimo, esta cada vez mais difícil. Infelizmente.

Parabens pelo Blog Casal. \o/

Lu disse...

Honestamente, acho que eu também vou passar por isso. Eu já ando preocupada com os futuros eventos escolares do José Victor. Preocupa-me saber que ele vai fazer amigos e eu vou ter que conviver com eles e os pais deles mesmo que não sejam do meu agrado. Até porque eu não consigo esconder meus pensamentos. Falo primeiro e penso depois. Essa coisa de ser excludente eu também tenho e também gostaria de ser mais "amiguinha da galera", até para poder estar mais por dentro de tudo. Moro há 5 anos em são Bernardo do Campo e por algum motivo não consigo fazer amizade por aqui. Sinto saudade de SP, mesmo não tendo muitos amigos por lá eu ainda conseguia conversar pelo menos com os vizinhos!

Juliana Rocha disse...

kkkkkkkkkk Adorei o post Lila! Sou igual! detesto ignorância!! Prefiro não conversar! hahahaha

Cláudia disse...

Bem que eu suspeitava que você era assim...como dizer, anti-simpatia?

Beijos...

espelho reflexo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
eupidea.gomes disse...

Ser simpatico não significa necessariamente ser burra,essa dificuldade de comunicação que voce tem não é pré-conceito e sim prépotencia.

Agora francamente: Falar primeiro e pensar depois, isso sim é ignorancia.

lilaemarcelo disse...

Poxa, finalmente alguém se revolta comigo aqui no blog. Primeiro comentários de revolta, depois a fama. Logo, logo estou fazendo parte de um Reality Show!

emmibi disse...

é sua PREPOTENTE!
Vá estudar pra virar POTENTE!!!

Lu disse...

Eu não resisto. A quem possa interessar: A ignorância se refere à falta de conhecimento, sabedoria e instrução sobre determinado tema, ou ainda à crença em elementos amplamente divulgados como falsos. Em situação em contrapartida o ignorante estabelece critérios que desclassifiquem o conselho alheio,em prol da sua falta de conhecimento,busca estabelecer ideias falsas sobre si mesmo e o mundo que o cerca de forma errônea,que desagrade aqueles que o cercam. Ignorância é não saber, e não saber que não se sabe.