sábado, 1 de agosto de 2009

Para Marlupe

Hoje é niver de uma grande amiga, Marlupe. Aliás, agosto têm vários aniversários: Marlupe, Marcelo(22), minha madrasta(20) e a madrinha de Lucas(31. Então, está longe de ser o mês do desgosto, como diz o povo.

Voltando a Marlupe, nos conhecemos na Católica, fazendo Publicidade. Também fizemos juntas Adm na UFBA, mas ela não pode concluir o curso lá. Formamos juntas na Católica. Na universidade, apesar de andarmos na mesma turma, não nos suportávamos. Coisa idiota de meninas novas ainda, e que as pessoas gostavam de alimentar.

Depois de formadas, cada uma seguiu seu rumo na vida.Um belo dia, estava eu no orkut quando vejo uma mensagem dela. Fiquei feliz em tê-la reencontrado, mas não sabia como seria o reencontro real. O que nos afastava já estava em um passado bem distante.

Lembro que, por conta do orkut, marcamos com um grupo da universidade de nos reencontrarmos em um barzinho. A partir dali, virava e mexia falava com Marlupe.
Começamos a sair juntas, tomar porres juntas, desabafos de amizades juntas e a amizade se tornou real, imprescindível.

Hoje sempre digo a ela que ela é uma das poucas pessoas que amo de verdade, da qual sentirei muita saudade(oh palavra que engloba tanto!)se não puder conviver mais.

Esta noite sonhei que não tinha amigos nenhum, me senti só, bateu desespero, aí lembrei de Marlupe. Com certeza o sonho veio por conta de estar pensando no niver dela. Estou indo agora levar um café para tomar junto com ela, e depois vamos ao salão, fazer coisas de meninas. A noite é a cachaça.

Marlupe, obrigada por você existir, e desejo para você muitos momentos de felicidade, e que eu possa estar presente em alguns. Te amo amiga.

2 comentários:

emmibi disse...

que lindo.
diferente ver uma declaração sua assim.
o tempo muda as pessoa. pra melhor.

Eu sou assim disse...

Você estará presente em todos os momentos, porque eu também te amo, amiga (e vc é um grude, como me confidenciou seu irmão rsrsrs). beijos, lindo post.