segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Não sei

Não sei o que falar; são tantas opções.

Falar sobre a pobreza inexistente em Salvador, que faz com que ingressos acima de R$100,00(Stock Car, Cirque de Soleil, e agora o jogo da seleção)se esgotem em um dia, enquanto se reclama da falta de dinheiro generalizada.

Falar sobre Belchior, que parece ter reaparecido agora, no Uruguai, mas que ficou foi p... da vida de terem achado ele; estava se escondendo de um monte de cobrador(ex-mulher, hotel em salvador, estacionamentos dos aeroportos).

Falar sobre o filme Os Normais, ao qual assistimos ontem, e que é muito engraçado. Tem uma piada com preguiça dos baianos, e que já teve gente indignada por conta disso. Eu e Marcelo demos risadas; de que adianta se indignar, tem mesmo é que mostrar no dia-a-dia a diferença. Esteriótipos existem no mundo inteiro: baiano é preguiçoso, gaucho é gay, carioca é esperto, paulista é workholic, argentino é sacana, e por aí vai. Se for para se revoltar, façamos com todos os pré-conceitos, não só àqueles que nos atingem diretamente. Caso contrário, vamso rir de todos!

2 comentários:

Eu sou assim disse...

Amiga, quantos aos ingressos,tem é muita gente com grana mesmo. Gente que chora de barriga cheia (de dinheiro).
Agora, qto aos preconceitos prefiro nenhum deles! E só uma correção "carioca é malandro" mesmo rsrs

Juliana disse...

Sobre o jogo, tou chocada! Gente se estapeando p pagar 150 conto p ver os sacanas q ganham uma fortuna!
Belchior já é down, cansou!
Sobre os Normais, tou LOUCAAAAAAa p ver! Amo Rui e Vani. Lembra tanto vida de casado né?? kkkkkkkkkkkkk
Bjs Lila