segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Paixão

Hoje estávamos assistindo matéria sobre o jogo no novo estádio de Pituaçu, com a volta do time do Bahia para jogar em Salvador.
Vimos pessoas que entraram ajoelhadas no estádio, outros chorando, aí Marcelo fala:
"Quanta babaquice!
Expliquei a ele que aquilo era paixão, e paixão não é racional, não se explica.
Falei, "Mor, quando você era apaixonado por mim, era racional?"
Ele respondeu: "quando eu era?!!! Eu ainda sou apaixonado por você, minha vida sem você não tem racionalidade!"
Juro que disfarcei bem, mas fiquei emocionada com a declaração, depois de quase 08 anos juntos!
Também continuo apaixonada por você, Marcelo!
E viva ao Baêa(se fala assim aqui!), que me proporciou, indiretamente, esta declaração!

Um comentário:

Jorge Martins disse...

Como disse a Juliana: hoje alguém será comida com mais eentusiasmo.