sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Eu corro
Corro de frustações
Corro de desejos que me assombram e não se realizam
Corro dos sonhos que não me deixam dormir
Corro das angústias que não me deixam acordar
Corro da pessoa que pensei ser quando o século XXI ainda era longe
Corro de mim, comigo e para mim
Corro e exorciso, para poder voltar a correr no dia seguinte

4 comentários:

emmibi disse...

eu sei de uma "coisa" que vc corre e não botou aqui.
Começa com C. Mas não é um órgão sexual. hahahahahahaha

Michel Aguiar - Designer disse...

Hehehehe.... Eu sei!

lilaemarcelo disse...

vcs sabem demais; este é o problema!

Marcelo disse...

Correr faz parte da operação LEBRE